A Carta Verde agora é Branca


Saiba o que muda

A Carta Verde deixou de ter a obrigatoriedade legal de ser verde, podendo agora ser impressa em papel branco de acordo com a Portaria 234/2020 de 08/10.
Assim, a partir de 8 janeiro de 2021, os nossos Clientes passam a receber a carta verde em papel branco e sem verso.

A obrigatoriedade de colocar a vinheta no canto inferior direito do automóvel mantém-se e os Gabinetes Internacionais de Carta Verde passam a poder ser consultados em formato digital.

Alterações ao documento

A partir de 8 de janeiro de 2021, a carta verde passa a ter as seguintes alterações [Portaria 234/2020 de 08/10]:
• Passa a ser impressa em papel branco sem picote para a vinheta;
• Será eliminada a parte de trás onde constam os Gabinetes Internacionais. Esta informação passará a constar nos sites das companhias.


Alterações ao processo de envio do documento
- Aderentes à Documentação Digital (exceto frotas) recebem um e-mail com a carta verde anexa e passam a ter a mesma disponível apenas na área de Cliente, eliminando assim o envio em papel. Basta que os Clientes imprimam a mesma e coloquem a vinheta no seu carro. É mais simples e rápido pois fica logo disponível sem as demoras derivadas do envio por correio.
- Não aderentes da Documentação Digital continuam a receber a carta verde via CTT em papel branco